Lista de Recursos

From FreeCAD Documentation
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Feature list and the translation is 64% complete.
Outdated translations are marked like this.
Other languages:
Bahasa Indonesia • ‎Deutsch • ‎English • ‎Türkçe • ‎español • ‎français • ‎hrvatski • ‎italiano • ‎polski • ‎português • ‎português do Brasil • ‎română • ‎svenska • ‎čeština • ‎български • ‎русский • ‎українська • ‎中文 • ‎中文(中国大陆)‎ • ‎中文(台灣)‎ • ‎日本語 • ‎한국어

Esta é uma extensa, porém incompleta, lista de recursos que o FreeCAD disponibiliza. Se você quer ter uma noção do que vem por aí, consulte o Development roadmap para uma rápida visão geral. Além disso, recomenda-se consultar a página decapturas de tela.

Notas da versão

Recursos Principais

  • Feature3.jpg
    Um modelo paramétrico completo. Todos os objetos do FreeCAD são nativamente paramétricos, o que significa que sua forma pode ser baseada em propriedades ou mesmo depender de outros objetos. Todas as alterações são recalculadas sob demanda e registradas por uma pilha de desfazer e refazer. Novos tipos de objetos podem ser adicionados facilmente e podem até ser totalmente programados em Python.
  • Feature4.jpg
    Uma arquitetura modular que permite utilizar extensões (plug-ins) para adicionar funcionalidade ao núcleo principal do aplicativo. Uma extensão pode ser tão complexa quanto um novo aplicativo programado em C ++ ou tão simples quanto um script Python, ou macro gravado automaticamente. Você tem acesso completo a quase qualquer parte do FreeCAD a partir do interpretador Python embutido, pode criar macros ou scripts externos, seja para realizar a criação e transformação de geometrias, a representação 2D ou 3D destas geometrias (Grafo de cena) ou mesmo alterar a interface do FreeCAD.
  • Feature5.jpg
    Importação e exportação de formatos padrão como STEP, IGES, OBJ, STL, DXF, SVG, STL, DAE, IFC ou OFF, NASTRAN, VRML além do formato de arquivo FCStd nativo do FreeCAD. O nível de compatibilidade entre o FreeCAD e um determinado formato de arquivo pode variar, pois depende do módulo que o implementa.
  • Feature7.jpg
    Sketcher, um módulo de desenho com gestão integrada de restrições geométricas, para que você crie formas 2D que podem obedecer a tais restrições. As formas 2D restritas construídas com o Sketcher podem ser usadas como base para construir outros objetos em todo o FreeCAD.
  • Feature8.jpg
    Techdraw, módulo para geração de pranchas com documentação técnica, com ferramentas para a exibição de vistas detalhadas e vistas de corte, recursos para o dimensionamento dos objetos, entre outros, permitindo gerar vistas 2D a partir de modelos 3D. Com o Techdraw é possível exportar as pranchas em arquivos SVG ou PDF. O módulo Drawing, mais antigo, com poucos comandos em interface gráfica, mas com poderosas funções Python, também está disponível.
  • Feature-raytracing.jpg
    Raytracing, módulo que serve para exportar objetos 3D para serem utilizados em renderizadores externos. Atualmente o Raytracing tem suporte ao povray e o LuxRender e espera-se que seja estendido a outros renderizadores no futuro.
  • Feature-arch.jpg
    Arch, módulo que permite um fluxo de trabalho semelhante ao da bancada BIM, e que tem compatibilidade com o padrãoIFC.
  • Feature spreadsheet.png
    Spreadsheet e Expressions, módulos que podem ser usados para desenvolver modelos baseados em fórmulas e organizar os dados dos modelos em um local central.

Recursos gerais:

  • multiplataforma. O FreeCAD roda e se comporta exatamente da mesma forma em Windows, Linux, macOS e outras plataformas.
  • interface gráfica de usuário (GUI) completa. O FreeCAD tem uma interface gráfica de usuário completa, baseada no framework Qt, com um visualizador 3D baseado em Open Inventor, o que permite uma rápida renderização de cenas 3D e uma representação gráfica de alta qualidade.
  • pode ser utilizado como um aplicativo baseado em linhas de comando. No modo de linhas de comando, o FreeCAD roda sem sua interface gráfica para o usupario (GUI), mas com todas as suas ferramentas de geometria. Este modo de trabalho faz uso de menos memória RAM que o modo GUI e pode ser usado, por exemplo, como um servidor para produzir conteúdo para outras aplicações.
  • pode ser importado como um módulo Python. O FreeCAD pode ser importado para qualquer aplicação que possa executar scripts em Python. Assim como ocorre no modo de linhas de comando, a interface gráfica do usuário (GUI) do FreeCAD não fica disponível, mas todas as ferramentas de geometria continuam acessíveis.
  • conceito de bancada de trabalho. Na interface gráfica de usuário (GUI) do FreeCAD, as ferramentas são agrupadas por bancada de trabalho. Cada bancada pode conter apenas as ferramentas utilizadas para realizar uma determinada tarefa, contribuindo para manter o espaço de trabalho livre e responsivo e permitindo que a aplicação seja carregada rapidamente.
  • posibilidade de realizar o carregamento posterior de funções e dados, por meio das estruturas Plugin e Módulo. O FreeCAD é constituído por uma aplicação-base e por vários módulos, que são carregados quando necessário. A maior parte das ferramentas e tipos de geometria são armazenadas em módulos. Os módulos se comportam como plug-ins, pois podem ser carregados automaticamente sob demanda, e módulos externos ao desenvolvimento base do FreeCAD podem ser adicionados ou removidos.
  • objetos parametrizáveis e associativos. Em um documento do FreeCAD, todos os objetos podem ser definidos por parâmetros, que podem ser modificados e recalculados a qualquer momento. As relações entre objetos são vitais para que a modificação de um parâmetro possa ser utilizada para modificar parâmetros de todos os objetos que dele dependem.
  • criação paramétrica d eprimitivas geométricas. Primitivas geométricas, como paralelepípedo, esfera, cilindro, etc. podem ser criadas a partir da especificação de suas restrições.
  • operações de modificação gráfica. O FreeCAD pode realizar operações de translação, rotação, escalonamento, espelhamento, deslocamento (de modo trivial ou conforme descrito em Jung/Shin/Choi) ou conversão de formas, em qualquer plano do espaço 3D.
  • Geometria Construtiva de Sólidos por operações booleanas. O FreeCAD pode fazer operações CSG para criar e editar sólidos por união, diferença e intersecção.
  • criação de geometrias planas simples. Linhas, segmentos, retângulos, b-splines e arcos circulares ou elípticos podem ser criados em qualquer plano do espaço 3D.
  • modelagem de extrusões, seções ou filetes a partir do uso de perfis, que seguem uma direção reta ou que giram ao redor de um eixo.
  • componentes topológicos como vértices, arestas, fios e planos.
  • teste e reparo. FreeCAD tem ferramentas para testar a integridade de malhas (teste de sólidos, teste de superfícies (non-two-dimensional manifold), teste de auto-intersecção) e para reparar malhas (preenchimento de furos, orientação uniforme).
  • anotações. O FreeCAD pode inserir anotações de texto ou dimensões.
  • Desfazer/Refazer estrutura. Tudo no FreeCAD é desfeito/refeito, com acesso do usuário à pilha de ações. Várias etapas podem ser desfeitas de uma vez.
  • orientado à transação. A pilha desfazer/refazer armazena transações realizados nos documentos (e não ações isoladas), permitindo que cada ferramenta defina exatamente o que deve ser desfeito ou refeito.
  • estrutura scripting integrada. O FreeCAD possui um interpretador Python embutido, com uma API que cobre praticamente qualquer parte da aplicação, da interface, da geometria e da representação desta geometria no visualizador 3D. O interpretador pode executar comandos simples e scripts complexos; módulos inteiros podem ser programados completamente em Python.
  • console Python embutido. O interpretador Python inclui um console com os recursos de destaque de sintaxe, autocompletar e um navegador de classe. Os comandos em Python podem ser emitidos diretamente no FreeCAD e retornar resultados imediatamente, permitindo que os programadores realizaem testes em tempo real, explorem o conteúdo dos módulos do FreeCAD e aprendam mais facilmente como funcionam os comandos que estruturam o FreeCAD internamente.
  • espelha a interação do usuário. Tudo o que o usuário faz na interface FreeCAD é executado por em código Python, que são impressos no console e podem ser gravados como macros.
  • gravação e edição completa de macros. Os comandos Python, emitidos quando o usuário manipula a interface, podem ser gravados, editados e, se necessário, salvos para serem reproduzidos posteriormente.
  • formato de salvamento de documento composto (baseado em ZIP). Os documentos FreeCAD são salvos com a extensão .FCStd. O documento pode conter muitos tipos de informações, como a geometria dos objetos, scripts ou ícones em miniatura. O arquivo .FCStd é um contêiner zip, ou seja, os dados de um documento FreeCAD, ao serem salvos, já são comprimidos em ZIP.
  • interface gráfica do usuário totalmente personalizável/scriptável. A interface Qt do FreeCAD é inteiramente acessível através do interpretador Python. Além das simples funções que o próprio FreeCAD oferece às bancadas de trabalho, toda a estrutura Qt é acessível. O usuário pode realizar qualquer operação na GUI, como criar, adicionar, acoplar, modificar ou remover ‘widgets’ e barras de ferramentas.
  • thumbnailer. (atualmente apenas sistemas Linux) Os ícones do documento FreeCAD mostram o conteúdo do arquivo na maioria das aplicações de gerenciamento de arquivos, como o Nautilus do Gnome.
  • instalador MSI modular. O instalador do FreeCAD permite instalações flexíveis em sistemas Windows. Os pacotes para sistemas Ubuntu também são mantidos.

Extra Workbenches

Bancadas de trabalho extras

Usuários avançados criaram várias bancadas de trabalho externas personalizadas.